Blog

Home

Blog

Fone de ouvido e surdez

Voltar

Fone de ouvido e surdez

Um alerta para aqueles que não vivem sem fone de ouvido: o uso incorreto do acessório pode levar à perda total de audição. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1 bilhão de pessoas podem ficar surdas por escutarem música em alto volume.
Segundo o Dr. Andy Vicente, otorrinolaringologista do Hospital CEMA, usar o fone de ouvido de forma prolongada e contínua pode causar danos irreversíveis ao sistema auditivo. “A perda de audição acontece de forma gradual, ou seja, a exposição sonora inadequada vai provocando um distúrbio progressivo ao longo dos anos”, explica o profissional.
Sintomas
Durante esse período, uma das formas de identificar se há algo de errado é prestar atenção aos sintomas. Entretanto, eles podem se manifestar apenas quando o problema já está em estágio mais avançado. “ Zumbido , pressão nos ouvidos, dificuldade para compreender as palavras, falta de concentração e irritabilidade são alguns dos indícios”, informa o Dr. Andy Vicente.
Caso haja desconfiança e, ao notar alguns dos sinais de suspeita de perda auditiva , deve-se ir ao médico para que a situação possa ser avaliada e seja possível realizar a orientação, o tratamento e, caso necessário, a reabilitação adequada ao paciente prejudicado.
Volume ideal
Conforme alerta o especialista, o limite seguro de som contínuo para o ouvido é de 80 decibéis. O ideal é que não somente os fones, mas também outros aparelhos sonoros sejam usados com o volume até a metade para evitar prejuízos à audição. Isso porque os sons acima de 85 decibéis são prejudiciais e, inclusive, alguns modelos podem atingir até 120 decibéis.
Vale destacar também que é importante não ouvir o som tão alto a ponto de não escutar o que está a sua volta. Em locais agitados, como festas, baladas e shows, o recomendado é evitar ficar próximo às caixas de som. O especialista também sugere descansar alguns dias após o uso prolongado de fone de ouvido e optar pelo modelo em formato de concha, que é menos prejudicial que as outras opções disponíveis no mercado.

FONTE: http://saude.ig.com.br/2017-11-10/fone-de-ouvido-surdez.html

Distribuidores

Cidades onde você encontra o serviço de indicação e adaptação de próteses auditivas sob responsabilidade técnica da OuveBem.

Dra. Fga. Sonia Bortholuzzi

Fga. Elisa Marinho Lazzari

Endereço: Rua Padre Chagas, nº 80.
Bairro Moinhos de Vento.
Fone: (51) 3312-5454

Dra. Fga. Sonia Bortholuzzi

Dra. Fga. Paula Marchetti

Endereço: Rua José Bonifácio, 2401
Cep: 97015-440
Fone: (55) 3221-8490

Fga. Renata Dal Piaz

Endereço: Av. Porto Alegre, 287 D Sala 01
Cep: 89801-130
Fone: (49) 3322-3341

Fga. Vivian Estrela Brasil

Endereço: Rua Geraldo Pereira, 315, sala 308
Cep: 95880-000
Fone: (51) 3712-3333

Dra. Fga. Sonia Bortholuzzi

Dra. Fga. Paula Marchetti

Endereço: Rua Venâncio Aires, 35 sala 21
Cep: 98700-000
Fone: (55) 3332-7180

Dra. Fga. Sonia Bortholuzzi

Dra. Fga. Paula Marchetti

Endereço: Rua Capitão Porfírio, 1818
Cep: 95780-000
Fone: (51) 3632-1700

Fga. Alexandra Lewckowicz

Endereço: Rua Alexandre Sandrini, 101 sala 302
Cep: 88870-000
Fone: (48) 3658-2552

Fga. Eliana Farias

Dra. Fga Paula Marchetti

Endereço: Rua Padre Anchieta 4075, Bairro Três Vendas
Cep: 96015-420
Fone: (53) 3222-5528

Fga. Simone Nascimento Brum

Endereço: Rua General Canabarro, 1003, sala 104
Cep: 97700-000
Fone: (55) 3251-4778

Dra. Fga. Sonia Bortholuzzi

Dra. Fga. Paula Marchetti

Endereço: Av. Rio Grande do Sul, 1067
Cep: 98801-029
Fone: (55) 3313-5060

Fga. Carmen Balbé

Endereço: Rua Félix Da Cunha, 90, sala 105
Cep: 97670-000
Fone: (55) 3431-4262

Fga. Luciele Prates

Endereço: Rua Demétrio Ribeiro, 802
Cep: 97542-200
Fone: (55) 3422-8359